• @casadasfragrancias

Veja o que você precisa saber antes de usar óleos essenciais


Óleos essenciais são extratos naturais concentrados, extraídos por métodos de destilação a vapor ou por prensagem, a partir de flores, frutos, sementes, folhas, raízes ou outras partes das plantas.

No entanto, para se fazer essas combinações, é necessário entender as propriedades, fragrâncias e o uso adequado de cada componente.

Em geral, são usados como óleos essenciais de frutas ou vegetais com alto teor de gorduras, conhecidos como oleaginosas. Exemplos desses nutrientes ricos em lipídios são amêndoas doces ou sementes de uva.

Entenda a seguir um pouco da história, benefícios e cuidados especiais para o uso de óleos essenciais na sua rotina!

Cinco formas de usar óleos essenciais

1. Podem ser usados em vaporizadores, acrescentando-se ao soro fisiológico gotas de óleo. Através da inalação do vapor é possível combater sinusites, gripes, resfriados e problemas emocionais.

2. Na massagem corporal ou facial, o efeito terapêutico dos óleos essenciais se dá pela absorção cutânea dos lipídios, o que possibilita o rejuvenescimento e hidratação da pele.

3. Aromatizadores e difusores são utilizados em ambientes de diferentes tipos e, através da evaporação ou propagação de partículas, são ótimos para perfumar o ambiente. Como higienizadores, os óleos essenciais diminuem poluentes, bactérias e fungos que podem causar mal à saúde.

4. As compressas com óleo são ideais para aliviar artrite, reumatismo, dores nas juntas ou musculares, podendo ser feita com água quente ou fria. Sachês deixarão um aroma agradável dentro de armários ou qualquer ambiente, se pingar gotas do óleo preferido nas trouxinhas de tecido.

5. Para relaxar e beneficiar-se medicinalmente dos banhos de imersão ou no chuveiro, basta selecionar o óleo de sua preferência e aplicar algumas gotas na água. O tratamento faz bem à pele e aos cabelos.

Três cuidados especiais para antes de usar óleos essenciais

1. É arriscado utilizar fórmulas divulgadas sem auxílio adequado. Na dúvida, consulte um profissional! Bebês, idosos e gestantes, por exemplo, devem passar por orientação médica antes de usar óleos para fins terapêuticos.

2. Faça teste de alergia, colocando uma gota de óleo na parte interna do pulso e depois verifique o estado do local. Se estiver avermelhado, coçando ou irritado, suspenda o uso por risco de reações alérgicas. Também é importante estar atento à data de validade dos frascos dos óleos comercializados. Tenha cautela e pesquise a fabricação.

3. Cuidado com a combinação dos óleos na hora de selecioná-los. Não utilize óleos essenciais de efeitos opostos e tenha em mente a harmonização do aroma final.

Uso milenar

Os chineses foram os primeiros a usar incensos aromáticos à base de plantas para fins medicinais e espirituais. Os egípcios antigos também utilizavam os óleos vegetais em rituais religiosos, pois acreditavam que traziam proteção ao corpo durante sua passagem ao além.

Na medicina indiana, o uso terapêutico de óleos essenciais também tem longa tradição, na terapia ayurvédica. Na Índia, os especialistas em Ayurveda não têm dúvidas quanto a eficácia dos óleos sobre o corpo e a mente.

É preciso estar atento às propriedades de cada óleo essencial para conquistar os melhores benefícios. Como são naturais, não possuem aditivos químicos, mas são muito concentrados e devem ser diluídos para maior segurança.

Lembre-se: a melhor forma de beneficiar-se desta terapia natural é através do uso seguro, responsável e consciente!

#oleosessenciais #saúde

56 visualizações

🏠 Rua Frederico Pedro Auler 125 -Operário, Novo Hamburgo - RS CEP: 93315-230 📞 51-35274207 51-35811482  

© 2017 por Casa das Fragrâncias

  • Casa das Fragrâncias